Blog do Professor – Unidade 2

Confira o lançamento do novo eBook da Bernard!

Preencha seus dados para conseguir acesso ao eBook…

Valorizamos sua privacidade e não vamos enviar spam






[text_block style=”style_1.png” align=”left” font_size=”17″ width=”940″]

Confira os artigos disponibilizados neste eBook

O Blog do Professor tem por objetivo compartilhar com os entusiastas da simulação gerencial (jogos de empresas) as experiências vividas pelo professor Ricardo Bernard.

[/text_block]

  • 1

    Perfil desejado para o professor de simulação gerencial

    O professor assume um papel de suma importância na metodologia de simulação gerencial (jogos de empresas). Ele é o maior responsável pelo sucesso ou fracasso de uma simulação. Um bom professor para utilizar este método deve apresentar três características para ministrar bem a disciplina.

  • 2

    Simulação: Técnica ou Metodologia?

    Os professores usuários da simulação normalmente empregam os termos “Técnica” e “Metodologia” como sinônimos, entretanto existe diferença entre estes dois termos.

  • 3

    Vantagens ao utilizar mais de um simulador

    Existem diversos tipos de simuladores empresariais. Os tradicionais são de indústria, comércio e serviços. Mas existem também simuladores específicos, tais como de empresas do sistema financeiro e de agronegócio. A escolha do simulador a utilizar depende de vários fatores, sendo os principais o foco do curso, a região que a instituição de ensino está inserida e a habilidade/conhecimento do setor empresarial por parte do professor.

  • 4

    Como conduzir o primeiro período simulado

    O início da simulação (primeiro período) é um momento crítico para os alunos. Normalmente eles ficam perdidos e não sabem por onde começar os trabalhos.

  • 5

    Nomes das empresas devem ser definidos pelas equipes

    Os simuladores normalmente atribuem nomes genéricos para empresas, utilizando sequências. Entretanto, a manutenção destes nomes geralmente cria um distanciamento entre os alunos e a empresa que irá administrar. Uma atividade para reduzir este problema é fazer com que os alunos atribuam nomes às suas empresas. O simples fato do nome ser escolhido pela equipe irá criar uma empatia inicial com a empresa e com a simulação.